Projeto Mão Amiga conquista prêmio nacional

Prêmio Revista Cláudia reconheceu o projeto caxiense como uma iniciativa inspiradora para a solução do problema de falta de vagas em escolas infantis

O Projeto Mão Amiga, que completou seis anos em setembro, tem mais um motivo para comemorar. Na noite de terça-feira (06), foi agraciado com o Prêmio Revista Cláudia, na categoria Consultora Natura Inspiradora. A premiação foi entregue em São Paulo, para a assessora jurídica do projeto e consultora da marca Natura, Lisandra Mazutti Foresti. Ao receber o troféu, a advogada disse que não esperava ganhar, pois todas iniciativas são excelentes e comandadas por pessoas de ternura e vigor. A 20ª edição do Prêmio Cláudia registrou recorde de votação, chegando a mais de 300 mil votos pela internet. Foram escolhidas as vencedoras em sete categorias: Trabalho Social; Ciências; Cultura; Negócios, Políticas Públicas; Revelação e Consultora Natura Inspiradora.

A marca Natura, da qual Lisandra é consultora há 15 anos, é parceira da revista de circulação nacional nesta premiação e foi responsável pela indicação de três cases de sucesso que tiveram o envolvimento de suas consultoras, responsáveis por inspirar projetos de brasileiras com coragem e ousadia em encontrar soluções para os mais variados problemas de suas cidades e seus campos profissionais. O Mão Amiga foi finalista com outras duas iniciativas: uma administradora que oferece cursos de capacitação a comunidades carentes; e uma bióloga que fundou uma cooperativa de catadores de material reciclável.

Além do troféu, o Mão Amiga que já recebeu destaque na Revista Cláudia pela indicação na edição de agosto, publicando uma entrevista com Lisandra e frei Jaime Bettega, o idealizador e atual coordenador do projeto, ganhará ainda mais visibilidade na edição de dezembro, com uma matéria sobre o projeto caxiense, que compra vagas em escolas de educação infantil particulares para crianças de zero a seis anos, que não conseguem vaga no ensino gratuito. Metade da mensalidade é paga pelo projeto e a outra metade pelos pais, que são encaminhados ao mercado de trabalho e incentivados a manterem-se em atividade. Atualmente, 1.200 crianças são beneficiadas em 94 escolas por 900 padrinhos.

Frei Jaime Bettega, disse que o Prêmio da Revista Cláudia chega num momento bonito da história do Mão Amiga. “Bonito porque uma equipe muito eficiente de voluntários faz acontecer esta obra maravilhosa. Além disso, vem dizer a cada membro, padrinho e apoiadores que o Mão Amiga, de fato, carrega consigo uma estratégia de promoção da vida, de cuidado da criança e de um amor também com as famílias. Nos diz que estamos no caminho certo, o caminho é longo, mas temos muitos sinais de que está valendo à pena. Com esse prêmio, reconhecido nacionalmente, podemos dizer a todos obrigado pelo olhar de confiança e credibilidade. Devemos continuar acreditando que as pessoas do bem fazem a diferença em nosso tempo”, conclui o frei.

Para entrevistas contatar o coordenador do Projeto Mão Amiga, frei Jaime Bettega, pelo telefone 9979.4952 ou a assessora jurídica, Lisandra Mazutti Foresti, pelo telefone 9917.6157.

Margô Segat - Jornalista